Buscar
  • Iara

poema para não ser esquecido

Ao abrir de seus olhos a cada próxima manhã

Percebendo a presença pelo calor desse meu corpo

Ainda morno por noites passadas

Pensa que meu coração não é capaz de aquietar-se

E não há espaço em viver sem ter você

Eu te amo. Nunca se esqueça disso

Ao sentir o aroma de cada próximo café

Provando o paladar dos pães e verdes em copos de água

Precisos por carinhos das noites acordadas

Pensa que meu afeto não é capaz de deixa-lo partir

E não há desejo em ficar sem ter você

Eu te amo. Nunca se esqueça disso

Ao notar meu olhar em seu caminho para o labor

Sentindo o desejo do seu retorno em meu aceno e sorriso

Repleto da alegria pela manhã presente

Pensa que minha mente não é capaz de deixa-lo findar

E não há motivo em ser sem ter você

Eu te amo. Nunca se esqueça disso

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

(conto) Certa vez sentiu o peito chegar às costas, tamanha força que a companheira fazia para lhe prensar contra a parede. Suas discussões se tornavam cada vez mais nocivas, mais sentidas. Ela o desiq

(conto nspirado em um ser humano real) Acordou naquele dia com a sensação de que algo seria diferente, sentiu um desconforto chato. Naquela altura de sua vida, as mudanças, ainda que pequenas, exigiam

(conto) Naquele final de tarde chuvoso, chegou em casa com o desconforto de um choro seco apertando o peito. Sempre fora sensível aos dias molhados e melancólicos do agosto em Pueblo. Deixou as compra